Os diferentes perfis de compradores de carros

Qual tipo de motorista de carro você é? Entender o seu perfil pode ser muito importante se você está pensando em comprar um novo carro. A resposta pode ajudar a “filtrar” uma grande quantidade de carros que não fazem sentido para você – facilitando bastante a sua jornada de compra. Não é à toa que essa é uma das primeiras coisas que o app Qual Carro te ajuda a descobrir. E nós concluirmos que, atualmente, podemos segmentar os compradores de carros em 4 grandes grupos.

Antes, porém, uma observação. Esses grupos são apenas generalizações – portanto, é muito comum que algumas pessoas se encaixem em mais de um dos grupos. Também é muito comum “migrar” de grupo em determinadas etapas da vida.

Confira abaixo os 4 tipos mais comuns de compradores de carros que nós identificamos através dos usuários do nosso app:

O comprador de carro “mobility”

Para você o carro só serve para se locomover? Você considera seu carro algo necessário porém, se pudesse, abriria mão dele? Você costuma fazer conta para ver se vale a penas continuar com o carro, ou se seria melhor utilizar serviços como o do Uber (ou até mesmo um patinete)? Se você respondeu sim para algumas dessas perguntas, seu perfil como comprador de carro provavelmente é o mobility (“mobilidade”). Este é um grupo crescente no brasil, principalmente com a proliferação de serviços de compartilhamento de corridas (uber, cabify, etc) e de microdeslocamentos (yellow, green, etc). 

A palavra-chave para você, neste caso, é economia e eficiência. Por economia, entenda-se não apenas combustível. Você deve considerar carros com baixo custo de manutenção e baixa depreciação, ou seja, carros que não perdem tanto valor na revenda. Esse deve ser o seu ponto de partida na busca pelo novo carro: Se não estiver entre os carros mais econômicos, nem perca o seu tempo. Você, no fim, tomará uma decisão racional com base na sua economia a médio-longo prazo. 

Mas não deixe de lado também a eficiência. Para você, passar pouco tempo dentro do carro provavelmente é importante. Para fazer isso em grandes cidades como São Paulo ou Rio, por exemplo, você não precisa necessariamente de um motor potente – mas sim um carro pequeno que facilite estacionar ou se deslocar em meio a um trânsito intenso.

O comprador de carro “family”

Você usa constantemente o seu carro com mais de 2 pessoas? Não falamos apenas de filhos… pets também contam! Você costuma ter um monte de coisa “entulhada” dentro do carro? Por diversas vezes, desejou ter um porta-malas maior? Se algumas dessas perguntas se aplica a você, então seu perfil como comprador de carro provavelmente é o family (“família”). 

Se esse for o seu caso, as palavras chaves para você são segurança e espaço. Você provavelmente pode abrir mão de um pouco de conforto (ex: bancos em couro) ou até mesmo potência. Mas deve priorizar itens de segurança (ex: airbags, ABS) e mais espaço para as pernas e as malas.  

Diversos carros podem atender a um motorista Family nas mais diversas faixas de preço – mas é preciso ficar atento a algumas pegadinhas. No caso da dimensão de segurança, você deve ficar atento não apenas aos itens de segurança, mas também à nota de segurança pela qual o carro passa em diversos testes (os famosos “crash-tests”). O mais comum é o teste da NCAP, que pode ser conferido neste link (https://www.latinncap.com/po/resultados). Afinal, segurança para a família é fundamental!

No caso de espaço interno, a pegadinha é em relação às dimensões do carro. As montadoras costumam divulgar o volume interno do carro e o volume interno do porta-malas – e, sim, esse pode ser um bom ponto de partida para “filtrar” algumas opções. Mas não se engane: Mesmo com um grande volume, você pode se deparar com pouco espaço entre as pernas nos bancos traseiros, e até porta-malas que são muito rasos e compridos – impedindo acomodar determinados volumes. Portanto, antes de comprar o carro, faça todos os testes possíveis em relação ao espaço – não confie apenas nos números da ficha técnica.  

O comprador “driving passion”

Seu carro tem que ter a sua cara? Você considera seu carro uma forma de se expressar? Você ama dirigir e, se pudesse, passaria mais tempo sobre quatro rodas? Se você se identifica com essas questões, então seu perfil como comprador de carro provavelmente é o driving passion (“paixão por dirigir”).

Neste caso, ao comprar um carro, suas necessidades serão muito específicas e particulares – o que torna muito difícil de ser generalizada em uma categoria como nas outras. Mas é muito comum associar esse grupo de compradores de carros com necessidades de potência, conforto e, claro, com o “estilo” expressado pelo modelo do carro. 

Neste caso, a dica que damos é: muito cuidado com o seu orçamento na hora de comprar o carro. Você será tentado a estoura-lo – pois sempre há aquele opcional ou outro que você vai querer incluir no carro. E nem estamos considerando opções de tuning, que é outra história. 

Portanto, defina o seu budget e tente elencar algumas prioridades. Às vezes, se você quiser muito aquele carro que você considera lindo, pode ter que descer um pouco a motorização, ou abrir mão de alguns opcionais de conforto interno. Mas, como já dito, são situações muito particulares… e se, por fim, você estourar seu budget mas estiver em condições de bancar a diferença, vá em frente. Afinal, seu carro é muito importante para você!

O comprador de carro “business”

Seu carro é a sua fonte de renda? Você dirige muitas vezes dentro de um mesmo dia? Um imprevisto no seu carro pode afetar os seus ganhos? Se sim, então seu perfil como comprador de carro provavelmente é o business (“negócios”). Ou seja, seu carro faz parte do seu negócio. Com o crescimento de serviços de motorista particular (ex: Uber), este é um perfil cada vez mais presente no Brasil.

A compra do seu carro exige uma atenção redobrada. Afinal, diferentemente do que ocorre em outros perfis, o seu carro será uma fonte de renda e não de despesa! O que priorizar, então? Neste caso, duas dimensões devem ser o seu ponto de partida: confiabilidade do carro e características específicas do seu público-alvo. 

Por confiabilidade, entenda-se: Você precisa de um “carro que não quebra” e que tenha pouco risco de ser furtado. Afinal, além dos custos que isso gera, ficar sem o seu carro temporariamente irá acarretar em perda de receita. Ok… mas como encontrar um carro como esse? Nada é garantido, mas você pode utilizar estatísticas já prontas a seu favor para reduzir o seu. Uma forma de fazer isso, claro, é através e rankings de carros de baixa manutenção. Mas você também pode utilizar formas mais criativas, por exemplo, pesquisando carros que tenham baixo custo de seguro. Quem melhor para avaliar o risco de um carro quebrar ou ser roubado do que as seguradoras, que já vem fazendo esse tipo de análise há décadas? Se o seguro é baixo, então o risco provavelmente é baixo. Esse pode ser um bom critério de escolha. 

Mas, claro, você também deve considerar as características do carro de acordo com o seu público-alvo e o seu orçamento. Por exemplo, algumas categorias do Uber, como Black e Select, exigem carros de determinados tipos e com uma idade mínima. Se você pretende atender regiões próximas a aeroportos, também considere o porte do carro para que caiba malas e famílias. Por fim, lembre-se de que até o interior do carro pode ser importante. Isso pode impactar as suas avaliações e chances de pegar novas corridas.

Conclusões

Uma das coisas mais legais que estamos descobrindo com o Qual Carro é como está a distribuição dos perfis de compradores. Tentar recomendar um carro hoje sem compreender esse sperfis é uma tarefa quase impossível. Felizmente, temos um monte de dados bacanas para analisar. E esse é o cenário atual que observamos hoje nos utilizadores do nosso app:

Fonte: Qual Carro App

Para nós foi uma grande surpresa descobrir que mesmo com todas as mudanças que estamos vendo no mercado de veículos, os apaixonados por carros ainda dominam como maior grupo de compradores (bom, ao menos, os compradores que utilizam nosso app). Mas o número de “mobility” – pessoas que estão mais preocupadas com a locomoção em si do que com o carro – também chama a atenção.

Entender em qual desses grupos você se encaixa pode ser um ótimo ponto de partida para escolher o seu próximo carro. E, na dúvida, use o nosso app que irá facilitar muito nessa jornada. 

E você, se encaixa em algum desses grupos? Deixe sua opinião nos comentários!

Equipe Qual Carro

2 thoughts on “Os diferentes perfis de compradores de carros

  1. Pingback: Baixe o App Qual Carro e descubra o seu carro ideal!App Qual Carro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.